A editora



A Tupynanquim Editora foi fundada em 1995 com o objetivo inicial de publicar livros, revistas, jornais e HQs para instituições. Em 1997 desenvolveu projeto gráfico e edição de mais de 40 obras para o Fundo das Nações Unidas para Infância – UNICEF.

A partir de 1998 passou a publicar histórias em quadrinhos com temáticas regionais e no ano seguinte focou suas ações na Literatura de Cordel, gênero literário importantíssimo para a cultura brasileira que enfrentava uma de suas maiores crises de todos os tempos.
O trabalho da trouxe novo alento para o gênero e logo ganhou notoriedade nacional e internacionalmente, fazendo com que a Tupynanquim Editora se destacasse como uma das maiores e melhores editoras populares de todos os tempos.

Segundo o saudoso pesquisador, poeta e folclorista Ribamar Lopes, o grande mérito das edições Tupynanquim foi a atualização da estética do folheto sem perder sua essência, mantendo-se fiel as suas origens e características originais.

Ao longo de 16 anos publicando Literatura de Cordel, a Tupynanquim Editora lançou dezenas de poetas, alguns muito bem sucedidos na área, e já espalhou centenas de milhares de exemplares dessa literatura em toda parte do mundo, em incontáveis edições e reedições.


Graças ao esforço de seu fundador, o poeta, cartunista e ilustrador Klévisson Viana, e seus principais colaboradores Marco Haurélio, João Firmino Cabral, Joseph Luyten, Ribamar Lopes, Arievaldo Viana, Rouxinol do Rinaré, Mestre Bule-Bule, Paiva Neves, Dulce Vieira e Fátima Ferreira, a Tupynanquim já tem seu nome inscrito na história da cultura brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário